Páginas

sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Processo seletivo: finalmente os resultados!

Depois da entrevista, a etapa mais massacrante: ficar esperando pelo resultado. Como todo mundo, achei que tinha ido muuuito mal na entrevista e que não tinha chances de passar. Ficava pensando no que disse e no que poderia ter dito durante aqueles 15 minutinhos (não adianta. Por mais que a gente saiba que isso só vai nos fazer sofrer e que não há mais nada a ser feito, não tem como não ficar preocupado/ansioso). Enfim, junta-se tudo isso com a melhor época de nossos semestre. Sim, aquela cheia de provas!


Pelos históricos, só iríamos ter o resultado lá pelo final de novembro, cerca de um mês após a entrevista. Posso dizer que esse sofrimento acabou antes do esperado (ufa!). Ou melhor, foi trocado por um nervosismo maior ainda! D:
Como assim? Recordo-me que na noite do dia 07 de novembro, chegando em casa após mais um dia longo de trabalho e faculdade, vejo um post no Facebook, do Erik (eng. de produção): "DUPLO DIPLOMA EM PARIS!!!!!!!!!!". E agora? Como ele sabia do resultado? Não chegava primeiro pro professor coordenador? Não passei, então? Tentava me comunicar com ele, com o Gustavo (da minha turma na UNICAMP) e com o Wesley (da computação) para ver se já sabiam de algo. Nada. 

E não é que, no dia seguinte, fujo no meio da minha aula de álgebra linear logo de manhã para procurar pelo professor responsável. Minha sorte foi das maiores: não encontrei ele na respectiva sala. Minha saída, então, foi enviar um email perguntando se ele já tinha a lista dos aprovados, visto que tinha gente que já sabia do resultado. Em menos de 15 minutos, eis que chega uma resposta do professor. Entre as palavras, o "você passou" já me paralisou, me custou a cair a ficha. A felicidade foi tremenda, mesmo não sabendo ainda para qual cidade eu havia sido selecionada! Momento eufórico! Ganhei meu dia! Ganhei meu ano! É bem aí que você percebe que todo o esforço valeu a pena e que é possível conquistar o que você quer.

Acho que mais gente foi atrás do prof. Pissolato para saber do resultado que ele liberou pra gente antes da CORI. Logo no começo da noite recebi um email encaminhado com a lista dos alunos selecionados com as respectivas écoles (e repassei pra aqueles que ainda não haviam recebido!).

Enfim, o resultado: foram selecionados 14 alunos da UNICAMP


Engenharias de origem:
  • 2 alunos da elétrica
  • 2 alunos da computação
  • 3 alunos da mecânica
  • 1 aluno da alimentos
  • 2 alunos da química
  • 2 alunos da civil
  • 1 aluno da mecatrônica
  • 1 aluno da produção


Destinos:
  • 3 alunos para Paris
  • 2 alunos para Lyon
  • 4 alunos para Nantes
  • 2 alunos para Lille
  • 3 alunos para Marseille




Eu vou pra École Centrale de Nantes! Digamos que para mim foi uma surpresa, pois era uma das que eu menos tinha pesquisado antes da entrevista. Agora é entrar em contato com os veteranos e conhecer um pouco da vida na 5ª maior cidade francesa!



École Centrale de Nantes


Daqui pra frente, começa a preocupação com a documentação necessária para a candidatura à bolsa Eiffel (uma bolsa de estudos). Todo o processo será conduzido pela École responsável pelo estudante. (Novamente, assunto para um post futuro!)

Nenhum comentário:

Postar um comentário